Fundação PTB mudará de nome, e se chamará Fundação Ivete Vargas

Publicado em Notícias
Lido 379 vezes

A Fundação PTB passará a se chamar Fundação Ivete Vargas. Esta foi uma das principais decisões tomadas na última quarta-feira (30/03/2016), durante a reunião do Conselho Curador da FPTB, realizada na sua sede, em Brasília. A mudança de nome foi colocada como necessária pelo presidente da Fundação PTB, Francisco Galindo, em virtude de recomendação feita pelo Ministério Público. Segundo relatou o presidente da FPTB, o promotor de Justiça Josué Arão de Oliveira, em ofício, comunicou a negativa do registro da ata da reunião anterior do Conselho Curador da Fundação PTB, realizada em 10/12/2015, em face do não atendimento do pedido de alteração do nome da instituição.

Diante do impasse jurídico criado junto ao Ministério Público, o vice-presidente do Conselho Curador, Honésio Ferreira, como forma de destravar os assuntos relacionados à Fundação junto ao Ministério Público, propôs a alteração do nome do órgão de doutrinação e estudos do Partido Trabalhista Brasileiro para Fundação Ivete Vargas. O nome, segundo destacou Honésio, é uma homenagem à ex-deputada Cândida Ivete Vargas Tatsch, refundadora do PTB no começo dos anos 80.

A proposta da mudança do nome da Fundação gerou debate durante a reunião. Membro do Conselho Curador, Luiz Francisco Barbosa disse discordar da tese do Ministério Público que, segundo ele, denota mera “implicância”. “O nome proposto para substituir o nome da Fundação PTB para Fundação Ivete Vargas, evidentemente, não implica em objeção à qualidade do nome indicado, senão que combate à omissão do Ministério Público em suas tarefas, que vem a causar transtornos e dificuldades na administração da Fundação”, disse Luiz Francisco Barbosa.

Na sequência da discussão, a presidente do Conselho Curador, a deputada federal Cristiane Brasil, colocou em votação a proposta de mudança de nome da FPTB para Fundação Ivete Vargas. A proposta foi aprovada por unanimidade pelos membros do Conselho.

Mudança na diretoria

Na sequência da reunião, foi submetida à deliberação dos membros presentes a proposta de remanejamento entre a Diretoria Administrativa e a Vice-Presidência da Fundação. A proposta foi aprovada por unanimidade, e, posteriormente, a presidente do Conselho Curador, Cristiane Brasil, anunciou que Solange Fernandes Beiró passa a ocupar a Vice-Presidência da Fundação, ao mesmo tempo em que Ivan Louzada passa a ocupar a Diretoria Administrativa.

Participaram da reunião do Conselho Curador a presidente do colegiado, Cristiane Brasil, o vice-presidente, Honésio Ferreira, além dos membros Benito Gama, Norberto Martins, Elaine Matozinhos, Luiz Francisco Barbosa, Eduardo Seabra, Luiz Rondon e Jorge Cananeia. Também participaram, por parte da Diretoria Executiva da Fundação, o presidente da FPTB, Francisco Galindo, o vice-presidente, Ivan Louzada, a diretora administrativa, Solange Beiró, e a diretora financeira, Marli Iglesias. Ainda na reunião, o presidente Francisco Galindo apresentou as contas do exercício financeiro de 2015, e mostrou todas as planilhas contábeis, com o auxílio do contador, Bonfim Cardoso. O presidente também disponibilizou a todos a documentação contábil correspondente. A prestação de contas foi aprovada por unanimidade pelo Conselho Curador.

Conselho Fiscal

Além da reunião do Conselho Curador, também foi realizada, na mesma data, na sede da FPTB, a reunião do Conselho Fiscal da entidade. Participaram do encontro os membros do Conselho Edson Pacheco dos Santos, Vera Lucia Gorgulho e Denise Conde, além dos membros da Diretoria Executiva da FPTB, o presidente Francisco Galindo, a diretora financeira Marli Iglesias e o contador Bonfim Cardoso.

Durante a reunião, foram apresentadas as contas do exercício financeiro de 2015, com planilhas contábeis contendo todas as receitas e despesas da entidade durante o ano passado. Depois de um amplo debate sobre a situação financeira da FPTB, as contas foram aprovadas por unanimidade pelos membros do Conselho.

Patrícia Cagni

Nascida em Brasília, formou-se em jornalismo pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB). Fez estágios nos jornais "Correio Braziliense" e "O Globo". Atualmente faz a cobertura do Congresso Nacional como repórter de Política do portal Congresso em Foco.

Estamos no Facebook