Ciências Sociais em diálogo: as instituições e a mudança econômica

Publicado em Debates
Lido 319 vezes

O doutor em Ciência Política pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Adilson Vagner de Oliveira, em artigo publicado na revista Agenda Política, periódico da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), tratou do caráter conceitual das instituições e do papel delas no processo de desenvolvimento econômico. O texto, publicado na edição de janeiro-abril de 2016, é uma pesquisa exploratória orientada pela revisão sistemática da literatura especializada, onde os suportes teóricos mostram os aspectos funcionais das instituições nos trabalhos de ciências sociais.

De acordo com o autor, o conceito “instituições” permite uma centralidade nos estudos sobre a sociedade e os padrões comportamentais dos indivíduos ao interagirem político e economicamente. Com isso, ressalta Adilson Oliveira, a dinâmica de mercado também pode ser influenciada pelas instituições. “Trata-se de um conceito indispensável, mas, muitas vezes, polissêmico em diferentes áreas do conhecimento e que merece aqui uma sistematização com enfoque especial para as ciências sociais”, considera.

Adilson Oliveira explica ainda que a economia, a sociologia e a ciência política acabaram por fortalecer-se a partir de seu compartilhamento acadêmico. Segundo ele, a independência de cada uma ajudou no distanciamento pouco favorável para a compreensão da realidade social em toda a sua complexidade. O autor avalia no texto a importância da transitividade entre as áreas do conhecimento que compõem as ciências sociais, com o objetivo de fazer dialogar as três áreas.

Clique aqui para ler o texto na íntegra.

 
Graciete Brito

Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, e pós-graduada em Assessoria de Comunicação pela Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas - FACITEC. Foi estagiária em veículos como Revista Foco, Jornal da Comunidade, TV NBR e jornalista com atuação em assessoria de imprensa de entidade sindical e agência de marketing.

 

Estamos no Facebook