Ipea prevê PIB 2,6% em 2018

Publicado em Estudos
Lido 65 vezes

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou, no último dia 28 de setembro, documento que aponta crescimento de 0,7% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2017. A expectativa é que, em 2018, suba para 2,6%, mais do que a média esperada pelo mercado. As projeções do instituto pressupõem um cenário de relativa estabilidade da percepção de risco em relação à economia brasileira.

O documento mostra que o principal impulso do crescimento deve vir da política monetária, com a redução dos juros básicos da economia para 7% neste ano e a manutenção desse patamar no ano que vem. Com isso, a inflação deve ficar abaixo do piso de tolerância da meta, 2,9%. Para 2018, espera-se um aumento da inflação, mas ainda abaixo da meta, de 4,2%.

O Ipea ressalta que diversas medidas dos últimos meses que irão ampliar o crescimento da economia no médio e longo prazos, como a mudança da taxa de empréstimo de recursos do BNDES da TJLP (determinada administrativamente) pela TLP (que seguirá as taxas de mercado), a reformulação dos marcos legais nos setores de infraestrutura e a aprovação da reforma trabalhista.

O estudo apresenta também uma visão geral dos indicadores econômicos: a recuperação da atividade econômica, a queda da inflação, a situação econômica internacional favorável e o aumento dos rendimentos médios reais do mercado de trabalho, que tendem a crescer mesmo na ausência de reajustes. Com a elevação desses rendimentos, a queda dos juros, a retomada da confiança dos consumidores e o cenário de uma inflação na meta indicam para uma retomada mais vigorosa do consumo. Já as incertezas políticas limitam o crescimento dos investimentos.

Clique aqui para conferir o documento na íntegra.

Última modificação em Sexta, 29 Setembro 2017 20:25
Graciete Brito

Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, e pós-graduada em Assessoria de Comunicação pela Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas - FACITEC. Foi estagiária em veículos como Revista Foco, Jornal da Comunidade, TV NBR e jornalista com atuação em assessoria de imprensa de entidade sindical e agência de marketing.

 

Estamos no Facebook