Curso:
dezembro 7, 2021
Noticias Publicações

Livro de Rodrigo Constantino busca desvendar ideais do liberalismo e do conservadorismo

O economista e jornalista Rodrigo Constantino, uma das principais vozes do conservadorismo no Brasil, lançou recentemente o livro "Pensadores da Liberdade", que aborda a vida e a obra de 20 pensadores responsáveis pela disseminação das filosofias conservadora e liberal. O livro de Rodrigo Constantino busca levar o leitor a conhecer a fundo os principais nomes do liberalismo e conservadorismo no mundo. O jornalista está há pelo menos 20 anos estudando o tema, e atuou diretamente nos bastidores dos movimentos de direita do Brasil. Em seu livro, Constantino busca explicar de forma didática os conceitos de liberalismo, conservadorismo e progressismo, e a obra tem a intenção de se tornar "o manual definitivo para criar o antídoto da desinformação".

O livro "Pensadores da Liberdade" aborda as ideias de autores clássicos como John Locke, David Hume, Adam Smith, Edmund Burke, Frederic Bastiat, Alexis de Tocqueville. Também são dissecados os pensamentos de objetivistas como Ayn Rand, assim como dos austríacos Ludwig von Mises e Friedrich Hayek, e contemporâneos Michael Oakshott, Karl Popper, George Orwell, Milton Friedman, Russell Kirk, Gertrude Himmelfarb, Jean-François Revel, Thomas Sowell, entre outros. O livro está à venda nas mais diversas plataformas.

“É o resultado de 20 anos de leitura”, explicou Rodrigo Constantino sobre o seu livro Pensadores da Liberdade. “Trata-se de um resumo das ideias liberais e conservadoras, da trajetória desses conceitos e dos principais embates travados pelos intelectuais acerca dos assuntos relacionados à razão, à tradição, à religião e à liberdade.”

É com base nos argumentos expostos em seu livro que Constantino pretende estabelecer um diálogo com pensadores de diferentes espectros políticos. “Penso que há dificuldade em promover debates construtivos no país”, criticou, em entrevista à Revista Oeste. “As redes sociais são ferramentas poderosas, romperam com o domínio hegemônico da esquerda na mídia, nas universidades e nas editoras, mas também contaminaram as discussões. O objetivo de Pensadores da Liberdade é instigar a reflexão e fazer com que, depois de sua leitura, a pessoa queira conhecer pensadores como Karl Popper, Ludwig von Mises e tantos outros.”

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fundação Ivete Vargas